Arquivo da tag: abobrinha

Caldinho verde nutritivo

Olha eu aqui de novo. Só pra contar que descobri a causa da falta de apetite da Eduarda: resfriado! Narizinho escorrendo, olhinho pequeno e um pouco de mau humor até pra mamar ontem. Hoje, a coriza persiste, mas o enjoo passou, ela está dormindo bem tranquilinha aqui ao meu lado depois de ter comido TODA a janta e mamado bastante <3

Bem, eu ia repetir o almoço de hoje, que foram os bolinhos. Mas minha intuição falou um pouco mais forte quando busquei ela e vi que os olhinhos estavam caídos. Pensei que ela não iria querer fazer muito esforço para comer, então, modifiquei o cardápio. Decidi fazer um caldinho verde bem nutritivo. Ensinamento de vó: para dias ruins, nada que uma boa canjinha não cure.

Ingredientes:
– Meia abobrinha com casca
– Meio chuchu (sem casca)
– Dois nabos
– Duas folhas de couve-manteiga
– Meia batata doce grande
– Brócolis (coloquei duas “arvorezinhas”
– Peito de frango desfiado (eu já tinha cozido do recheio que fiz para os bolinhos de batata)
– Arroz (repeti carboidrato, porque, como eu já disse, ela vem comido mal)
– Manjericão
– Salsinha
– Alho

Coloquei o ovo para cozinhar. Em outra panela, refoguei o alho em um fio de óleo. Coloquei a salsinha e o manjericão. Coloquei o restante dos ingredientes, tudo junto, inclusive o arroz e cobri com água. Deixei cozinhar BEM, até a batata doce se desmanchar, mais ou menos. Não deixei a água secar, para que ficasse com um caldinho. Quando tudo estava cozido, passei no mixer para deixar um caldo, mas ainda com pedacinhos (em outra ocasião eu já falei sobre triturar a comida).
Peguei a gema do ovo cozido e esfarelei em cima do caldinho:
ImagemEduarda mal podia esperar pela janta….

Imagem
nham….

E PÃNS!!! Devorou tudo! Repetiu algumas colheres, mamou e dormiu! Vovó estava certa, onde quer que esteja :)
Imagem

Anúncios

Omeletão Colorido + Bolo permitido

O dia de ontem foi corrido. Segunda-feira é segunda-feira, não importa a parte do mundo que você esteja – a não ser que esteja em férias. Desde que Eduarda nasceu e eu voltei a trabalhar, tenho sido fortemente acometida pela depressão de final de domingo e de segunda-feira. Os finais de semana com a nossa pequena são tão agradáveis que corta o meu coração em mil pedaços ter que começar a semana :/

Quando busco a Eduarda, chegamos em casa e vejo minha família reunida depois de um dia de trabalho, a felicidade é imensa. Pra completar a minha alegria, gosto de ir pra cozinha fazer janta, comidinhas pra semana e mais alguma coisa.

Ainda na onda de calor-zuera (não tem limites), preparo umas comidinhas mais leves e refrescantes pra Eduarda. A janta de ontem foi um rápido e fácil omelete colorido acompanhado de arroz.

OMELETE COLORIDO
Ingredientes:

– Abobrinha
– Cenoura
– Beterraba
– Brócolis
– Cebola
– Alho
– Tomate
– Ovo
– Salsinha

Ralei a abobrinha, a cenoura e a beterraba. Piquei o brócolis bem picadinho. Refoguei em uma frigideira a cebola, o alho e o tomate. Soltei todos os ingredientes ralados e a salsinha. Ficou mais ou menos assim:

photo
bunitin <3

Depois de refogado, bati o ovo só pra misturar a clara com a gema. Soltei por cima e deixei “fritar” bem. Preparei um arroz com salsinha e servi. Ficou muito gostoso, Eduarda comia um pouco com a mão e outro pouco com a colher.

 photo_1

Bem, ontem fui pra casa decidida a tentar a receita de um bolo que Eduarda pudesse comer (não, bebês não podem comer farináceos antes de um ano, não me venham com essa), até porque o aniversário de um ano dela está chegando. Quero muito fazer o ensaio “Smash the Cake” com ela pra sair do comum, já que bagunça com frutas ela faz todos os dias :P Tentei fazer uma opção saudável. Ficou muito gostoso, mas não cresceu o suficiente para parecer um bolo de ensaio fotográfico hahahahaah Quem sabe se eu fizer em camadas, não é mesmo? Vamos tentando.

BOLO DE BANANA

– Quatro bananas bem maduras (bem maduras, mesmo, que parece que vão estragar a qualquer momento)
– Duas xícaras de aveia (pode ser farelo)
– Meia xícara de óleo
– Quatro ameixas secas
– Quatro ovos
– Uma colher de fermento em pó

Coloquei todos os ingredientes no liquidificador, com exceção do fermento em pó. Enquanto isso, pré-aqueci o forno a 180 ºC. Deixei bater bem. A massa é espessa e pesada, é preciso ter um liquidificador potente. Acrescentei o fermento e bati mais um pouco. Coloquei na forma (não untei, deveria ter untado :/) e deixei no forno por 35 min.

photo_2
Ele fica molinho por dentro, uma delícia. Murcha bastante depois de retirar do forno, o que é normal. Ele não leva açúcar, as bananas maduras e as ameixas secas se encarregam de adoçar o bolo. Fábio comeu metade e Eduarda comeu um pedaço hahahahaha
Agora falta quebrar a cabeça pra fazer uma cobertura! Vamos acompanhar :D

photo_3
“Mamãe me deu bolo!”